2014-07-19

O MUNDO À NOSSA VOLTA - O Primeiro Olhar 85


Decorreu entre 14 e 18 de Julho de 2014, O Primeiro Olhar 85 dirigido a vinte jovens da região de Serpa, numa parceria entre a associação Os Filhos de Lumière e a Câmara Municipal de Serpa.
Esta oficina foi realizada no âmbito do projecto O Mundo à Nossa Volta apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

Oficina orientada por Rossana Torres (realização - montagem), José Lã Correia (imagem - son), Richen Gatete e Rita Graça (produção)

2014-07-02

O PRIMEIRO OLHAR : 6 novos filmes disponíveis

6 novos filmes, realizados durante as oficinas O Primeiro Olhar, estão agora disponíveis no Blog e no Vimeo (para ver todos os outros filmes do Blog, utilizar o marcador "Filmes" na coluna da direita):

O Primeiro Olhar 70, Serpa, 2012:         Uma Vida
O Primeiro Olhar 72, Serpa, 2013 :        O Ciclone
O Primeiro Olhar 73, Serpa, 2013:         Irresponsabilide
O Primeiro Olhar 75(1), Lisboa, 2013 :  Na Lapa
O Primeiro Olhar 75(2), Lisboa, 2013:   Perdidos e Achados
O Primeiro Olhar 75(3), Lisboa, 2013 :  Os Mendigos da Estrela

2014-07-01

CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE: 6 novos filmes disponíveis

6 filmes realizados durante o ano lectivo 2012-2013 no âmbito do programa pedagógico "Cinema, cem anos de juventude" sobre o tema "Mettre en Scène" estão agora disponíveis no Blog (para ver todos os filmes do Blog, utilizar o marcador "FILMES" na coluna da direita).

Escola Secundária Passos Manuel, Lisboa - Clube de Cinema

Escola E.B.2.3 do Vale da Amoreira, Moita - Turma de 4ºano

Escola E.B.2.3. Nuno Gonçalves, Lisboa - Turma de 6ºano

Biblioteca Municipal Abade Correia da Serra, Serpa - Clube de Cinema

Escola E.B.2.3.  Marquesa de Alorna, Lisboa - Clube de Cinema

Escola Abade Correia da Serra, Serpa - turma de 7º ano

2014-06-30

A NOSSA TERRA É UM MUNDO - Exposição em Alhos Vedros (2)


A Nossa Terra é um Mundo Exposição em Alhos Vedros (2) from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.

Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...
A exposição foi apresentada na Praça da República, em Alhos Vedros de 28 de Junho a 5 de Julho de 2014. Em Setembro, a exposição será apresentada na Escola E.B.2.3. José Afonso em Alhos Vedros e a seguir no espaço DNA Lisboa.

2014-06-29

A NOSSA TERRA É UM MUNDO - Exposição em Alhos Vedros (1)



A Nossa Terra é um Mundo Exposição em Alhos Vedros (1) from Os Filhos de Lumiere on Vimeo.


Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...

A exposição foi apresentada na Praça da República, em Alhos Vedros de 28 de Junho a 5 de Julho de 2014. Em Setembro, a exposição será apresentada na Escola E.B.2.3. José Afonso em Alhos Vedros e a seguir no espaço DNA Lisboa.

2014-06-28

O MUNDO À NOSSA VOLTA - Cinema, cem anos de Juventude - DNA Lisboa - 07.07.2014

Apresentação dos filmes realizados em Lisboa no âmbito do programa pedagógico “Cinema cem anos de Juventude”. No dia 7 de Julho às 18h30 serão apresentados no DNA Lisboa, os filmes-ensaio que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema desenvolvido ao longo do ano lectivo com alunos da Escola Básica Marquesa de Alorna, Escola Básica e Secundaria Passos Manuel e Escola Secundária LuÍs de Camões. 

Apesar da ideia/história escolhida por cada grupo participante ser completamente livre, todos os filmes abordam a questão de cinema este ano em trabalho, O Plano-Sequência. uma questão que cerca de 2000 crianças e adolescentes se colocaram ao longo do ano, nos 11 países participantes (Portugal, França, Espanha, Itália, Inglaterra, Escócia, Bélgica, Áustria, Alemanha, Brasil e República de Cuba), vendo, analisando e discutindo filmes, fazendo exercícios filmados e realizando finalmente os filmes-ensaio com as mesmas regras do jogo. 

Uma parte dos filmes foram apresentados na Cinemateca Francesa em Paris no inicio do mês de Junho com uma representação portuguesa que incluiu este ano a Escola Secundária Passos Manuel e a Escola E.B. Marquesa de Alorna em Lisboa. 

Em Portugal, este programa pedagógico, tem vindo a ser desenvolvido em Lisboa, na Moita e em Serpa, pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (que o coordena a nível geral), com a Cinemateca Portuguesa, o Institut Français du Portugal, e vários outros parceiros em cada zona onde intervém, integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta" com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, tem o apoio das Câmaras Municipais de Lisboa, Moita e Serpa, e ainda da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões/ Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e diversas entidades locais (para a participação nos encontros em Paris) e benificia do apoio dos Ministérios da Cultura e da Educação de França. 

Entre Junho de 2014 e Junho 2015 celebram-se os 20 anos deste programa pedagógico, com diferentes actividades de reflexão e divulgação deste programa experimental nos vários países participantes, para além da construção de um novo site graças ao apoio financeiro da Fondation EDF para este ano especial, onde serão apresentadas e exemplificadas em detalhe as bases pedagógicas que têm vindo a ser trabalhadas e aprofundadas entre todos os países envolvidos ao longo dos últimos vinte anos. 

A projecção será seguida de conversa com os participantes presentes que darão conta da sua experiência neste dispositivo e é aberta a todos os familiares, amigos, parceiros e interessados.

2014-06-27

A NOSSA TERRA É UM MUNDO - Exposição em Alhos Vedros - 28.06 / 05.07.2014


As associações Os Filhos de Lumière e A Bao A Qu (na Catalunha), as Câmaras Municipais da Moita e de Bordils, o Agrupamento de Escolas de Alhos Vedros e a Escola de Bordils, juntaram-se no biénio 2012 - 2014 para a realização do projecto: Descobrindo e construindo o património local e europeu através da criação audiovisual, um modelo de cooperação entre o município e a cultura, o conhecimento e a coesão social" desenvolvido no âmbito do programa Comenius Régio.

Durante dois anos, alunos e professores da escola de Bordils e do Agrupamento de Escolas José Afonso na Moita exploraram o mundo que os rodeia através da fotografia e do cinema, apoiados por cineastas e profissionais de cinema. Observaram, investigaram, filmaram, seleccionaram, montaram e partilharam, dando a conhecer a sua região, cultura e língua, as semelhanças e diferenças, as tradições e memórias, em volta de temas comuns: os bosques e as estações do ano, os espaços vazios, as hortas, os retratos, os ofícios, de cada lugar...

Os alunos de Bordils deram a conhecer o seu trabalho e o trabalho dos alunos da Moita numa exposição que decorreu a 21 de junho em Bordils com a presença dos participantes de Bordils e de representantes dos três parceiros portugueses. No dia 28 de Junho as 21h30, será inaugurada uma exposição na Praça da República, em Alhos Vedros na Moita, que irá dar conta do trabalho realizado ao longo destes dois anos nas duas regiões com a presença dos parceiros espanhóis.

Em Portugal será lançado em breve “A Nossa Terra é um Mundo” um livro que reúne imagens e textos do trabalho desenvolvido durante os dois anos pelos alunos das escolas de ambos os países.

2014-06-24

O MUNDO À NOSSA VOLTA - Cinema, cem anos de Juventude - Fórum Cultural José Manuel Figueiredo - Baixa da Banheira . 27.06.2014

Os filmes-ensaio que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema realizado com alunos da Escola Básica 1 e da Escola Básica 2/3 do Vale da Amoreira (1º e 5º ano) no âmbito do programa pedagógico Cinema, Cem Anos de Juventude 2013-2014 - primeira fase deste projecto - vão ser apresentados  no dia 27 de Junho às 18h no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, Moita.

Ao longo deste ano lectivo mais de duas mil crianças e adolescentes nos onze países envolvidos neste dispositivo realizaram pequenos filmes a partir das mesmas regras do jogo sobre a questão do Plano-Sequência. Grande parte deles foram apresentados em Paris na Cinemateca Francesa no inicio deste mês.

Este programa pedagógico que tem vindo a ser desenvolvido em Lisboa, na Moita e em Serpa, pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (que o coordena a nível geral), a Cinemateca Portuguesa e o Institut Français du Portugal, integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta" com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, tem o apoio das Câmaras Municipais de Serpa, Lisboa e Moita, e ainda  da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões/ Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e diversas entidades locais (para a participação nos encontros em Paris) e benificia do apoio dos Ministérios da Cultura e da Educação de França. (Aguardam-se os resultados sobre o apoio do ICA).

Entre Junho de 2014 e Junho 2015 são celebrados os 20 anos deste programa pedagógico, com diferentes actividades de reflexão e divulgação deste programa experimental nos vários países participantes, para além da construção de um novo site graças ao apoio da Fondation EDF para este ano especial, onde serão apresentadas e exemplificadas em detalhe as bases pedagógicas que têm vindo a ser trabalhadas e aprofundadas entre todos os países envolvidos ao longo dos últimos vinte anos.

Esta projecção, onde serão apresentados ainda alguns exercícios filmados e um pequeno making of sobre o processo, contará com a presença de todos os participantes neste projecto do Vale da Amoreira e é aberta a todos os familiares, amigos, interessados, parceiros e público em geral.

Em breve serão anunciadas as projecções dos filmes que resultaram das oficinas em Lisboa e em Serpa.

2014-06-19

BORDILS MOITA - Exposição em Bordils - Catalunha - 21.06.2014


 As associações Os Filhos de Lumière e A Bao A Qu juntaram-se no biénio 2012-2014 para a realização do projecto: Descobrindo e construindo o património local e europeu através da criação audiovisual, desenvolvido no âmbito do programa Coménius Régio em parceria com as Câmaras Municipais da Moita e de Bordils  e com o Agrupamento de Escolas de Alhos Vedros e a Escola de Bordils.

Os alunos de Bordils vão dar a conhecer o seu trabalho e o trabalho dos alunos da Moita numa exposição no próximo dia 21 de junho em Bordils com a presença de representantes dos três parceiros portugueses. Na próxima semana, dia 28 de Junho, será inaugurada uma exposição em Alhos Vedros na Moita, que irá dar conta do trabalho realizado ao longo destes dois anos com a presença dos parceiros espanhóis. Em Portugal será lançado ainda “A Nossa Terra é um Mundo” um livro que reúne imagens e textos do trabalho desenvolvido durante os dois anos pelos alunos das duas escolas nos dois países.

2014-06-01

DOZE JOVENS PORTUGUESES NA CINEMATECA FRANCESA - Junho 2014


 O Mundo á nossa Volta

Doze jovens, entre os 12 e os 16 anos, vão apresentar na Cinemateca Francesa em 4, 5 e 6 de Junho de 2014 os filmes-ensaio que resultaram do trabalho de iniciação ao cinema em que participaram este ano.

Em representação de todos os  que participaram no programa pedagógico Cinema, cem anos de juventude (Cinema, cent ans de jeunesse), em escolas de Lisboa, Moita e Serpa, estes jovens irão partilhar com centenas de outros participantes de várias regiões de França, Espanha, Itália, Bélgica, Escócia, Inglaterra, Alemanha, Áustria, Brasil e República de Cuba, a sua experiência e processo de trabalho na realização dos seus filmes e irão assistir à projecção e apresentação dos filmes de todos os participantes neste programa.

Os cineastas e os professores que orientaram este dispositivo ao longo do ano irão também estar presentes e participar no balanço anual deste programa pedagógico, e na preparação do próximo ano lectivo.

Mais de duas mil crianças e adolescentes nos onze países envolvidos neste dispositivo realizaram pequenos filmes a partir das mesmas regras do jogo sobre a questão do Plano-Sequência.

Uma primeira parte desta oficina é consagrada ao visionamento de filmes e excertos de filmes associados á realização dos exercícios que ajudam a precisar e a compreender a questão. Esta etapa é indispensável antes dos participantes neste projecto singular começarem a fazer exercícios filmados individuais numa primeira fase e depois o filme-ensaio colectivo.

São 40 filmes colectivos dos 11 países envolvidos neste projecto que vamos ver ao longo de três dias na Cinemateca Francesa.

Este dispositivo pedagógico que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora), a Cinemateca Portuguesa e o Institut Français du Portugal, e integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta" com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, das Câmaras Municipais de Serpa, Lisboa e Moita, (esperamos ainda os resultados do concurso do ICA para este triénio), de diversas entidades locais (que apoiaram a viagem dos participantes a Paris), da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões e da Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e ainda dos Ministérios da Cultura e da Educação de França.

Para a sua 20ª edição (que será celebrada entre 2014 e 2015) e graças ao apoio excepcional atribuído a este projecto pela Fondation EDF, através da Cinemateca francesa, a participação nestas jornadas vão dar a ocasião aos jovens realizadores de todo o mundo de se encontrar, de descobrir e de filmar Paris, reencontrando o gesto dos operadores Lumière (numa viagem especial pelo Sena nos "bateaux mouche").

Esse apoio vai permitir ainda a criação de um novo site onde serão mostradas e aprofundadas as pistas pedagógicas lançadas ao longo de vinte anos, que ajudam a pensar, a investigar e a explorar de ano para ano, uma nova questão de cinema.

Em breve serão anunciadas  as datas de apresentação em Portugal dos filmes que resultaram deste programa nas três regiões participantes.

2014-05-27

O MUNDO À NOSSA VOLTA - CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE Escola E.B.2.3 Vale da Amoreira - Moita - rodagem filme-ensaio (1)


Nos dias 14 e 26 de Maio de 2014, os alunos da turma do 4º ano da Escola E.B.2.4 Vale da Amoreira, na Moita, fizeram a rodagem do seu trabalho final do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência": o filme-ensaio: Amigos Outra Vez
Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-05-23

CINEMA, CENT ANS DE JEUNESSE Uma experiência de cinema na escola através do mundo - 04 a 06.06.2014 - Paris - França


A Cinemateca francesa está no centro de um dispositivo pedagógico de vanguarda, que nasceu em 1995, dentro e fora das suas paredes: Cinema, cem anos de juventude. Costa-Gavras, presidente da Cinemateca francesa é o seu padrinho, Alain Bergala, o conselheiro artístico. Este dispositivo experimenta uma pedagogia de cinema que articula a formação do olhar com a experiência de criação. As oficinas levam á prática a forma de permitir aos alunos, com os seus professores e a intervenção de profissionais de cinema, fazer uma experiência de cinema aprofundada, ao longo de um ano escolar, seguindo todos as mesmas regras do jogo. Este ano, foram mais de 2000 crianças e adolescentes que reflectiram sobre a questão do plano-sequência em 11 países. 40 destas oficinas serão apresentadas na Cinemateca, a 4, 5 e 6 de Junho, na presença dos seus autores, com idades entre os 6 e os 18 anos. Para a sua 20ª edição, e graças ao apoio excepcional que a Fondation EDF trouxe ao projecto, estes dias permitem aos jovens realizadores encontrar-se, descobrir e filmar Paris, reencontrando assim o gesto dos operadores Lumière.

Este dispositivo pedagógico que tem vindo a ser desenvolvido em Portugal pela mão da Associação Cultural Os Filhos de Lumière desde 2006, é realizado em parceria com a Cinemateca Francesa (coordenadora), a Cinemateca Portuguesa e o Institut Français du Portugal, integra o projecto "O Mundo à Nossa Volta" com o apoio do Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, das Câmaras Municipais de Serpa, Lisboa e Moita, (esperamos ainda os resultados do concurso do ICA para o triénio 2014-2016), de diversas entidades locais (que apoiaram a viagem dos participantes a Paris), da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões e da Embaixada de Portugal em França, das próprias escolas e ainda dos Ministérios da Cultura e da Educação de França.

2014-05-19

O MUNDO À NOSSA VOLTA - CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE - E.S.Passos Manuel - Lisboa - rodagem filme-ensaio (1)


Nos dias 11 e 18 de Maio de 2014, o Grupo de Cinema da Escola Secundária Passos Manuel, em Lisboa, fez a rodagem do seu trabalho final do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência": o filme-ensaio: O Numero Recusado
Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-05-18

O MUNDO À NOSSA VOLTA - CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE - Biblioteca de Serpa e Cineteatro de V.N. de São Bento - rodagem filme-ensaio (1)



No dia 17 de Maio de 2014, o Grupo de Cinema da Biblioteca Abade Correia da Serra, em Serpa e do Cineteatro de Vila Nova de São Bento, fez a rodagem do seu trabalho final do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência": o filme-ensaio: Aconteceu no Jardim
Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-05-16

O MUNDO À NOSSA VOLTA - CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE Escola E.B.1 Vale da Amoreira - Moita - rodagem filme-ensaio (1)



No dia 12 de Maio de 2014, os alunos da turma do 1º ano da Escola E.B.1/JI Vale da Amoreira nº1, na Moita, fizeram a rodagem da primeira parte do seu trabalho final do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência": o filme-ensaio: Brincadeira Feliz Triste
Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-05-12

O MUNDO À NOSSA VOLTA - CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE Escola E.B.2.3. Marquesa de Alorna - Lisboa - rodagem filme-ensaio


 Nos dias 10 e 11 de Maio de 2014, o Grupo de Cinema da Escola E.B.2.3. Marquesa de Alorna, em Lisboa, fez a rodagem do seu trabalho final do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência": o filme-ensaio: Dança Turca
Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-05-10

Filmando O Pavão no Seminário "O Trabalho no Ecrã" - Fundação de Serralves - 14.06.2014

Filmando o Pavão, "making of" do filme-ensaio O Pavão, realizado pelos alunos da turma de 8º ano da Escola E.B.2.3. José Afonso, em Alhos Vedros, Moita, no âmbito do programa pedagógico Cinema, Cem Anos de Juventude 2009-2010, será apresentado na Fundação de Serralves no sábado 14 de Junho de 2014, entre 15h00 e 19h00, por Jacques Lemière do Institut de sociologie e d’anthropologie de l’Université de Lille (França) com o tema "Filmando o Trabalho", no âmbito do Seminário "O Trabalho no Ecrã: um estudo de memórias e identidade sociais atravès do cinema", organizado pelo CIES-IUL, Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa. A sessão será moderada e comentada por José Manuel Costa, director da Cinemateca Portuguesa.

2014-05-08

OLHAR À VOLTA em destaque na Newsletter da Fundação Calouste Gulbenkian


Olhar à Volta, projecto da associação Os Filhos de Lumière, em destaque na Newsletter de Maio de 2014 da Fundação Calouste Gulbenkian:
Uma outra educação -  Aprender a olhar à volta foi o desafio lançado pela associação Os Filhos de Lumière aos alunos da Escola Secundária de Serpa. O projeto recebeu o apoio da Fundação Gulbenkian, através do projeto EMA – Estímulo à Melhoria das Aprendizagens, e envolveu alunos e professores apostados em melhorar o sucesso escolar, diminuindo os riscos de abandono. Os números mostram como a aprendizagem sai valorizada quando se alargam horizontes e formas de ensinar.

2014-03-30

"O Mundo à Nossa Volta" no "Mês da Prevenção Maus-Tratos na Infância" - 02.04.2014

A Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) convidou este ano novamente a Associação Os Filhos de Lumière para organizar uma sessão de cinema no âmbito da Campanha Nacional do Mês da Prevenção dos Maus Tratos (MPMT2014) através do seu mais recente projecto " O Mundo à Nossa Volta".

É esta sessão que vai abrir o programa geral da campanha e vai decorrer no dia 2 de Abril, das 16h às 19h30 no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro em Telheiras onde serão apresentados alguns filmes realizados no âmbito das oficinas da associação Os Filhos de Lumière.

Para enriquecer e dinamizar a sessão a associação desafiou outras entidades com quem temos partilhado as nossas práticas artísticas através do programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social) promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian: o Teatro Ibisco, o projecto Sons à Margem (música rap e hip-hop) e o MEF (Movimento de Expressão Fotográfica) para intervir através dos seus projectos.

Vão-se assim entrecruzar, filmes realizados em várias regiões (Lisboa, Porto, Moita, Serpa e Alès - França), pequenas situações teatrais construídas por jovens de Loures, músicas RAP e hip hop que vêm do Seixal, uma apresentação e mostra de fotografias tiradas pelos jovens dos Centros Educativos de todo o país através de máquinas construídas por eles próprios, cruzando tudo isso com conversas com o publico presente animadas pelos participantes das 4 entidades intervenientes.

Serão desta forma abordados temas que tocarão os jovens presentes quer tenham ou não participado nestes projectos e contamos que surjam ainda questões sobre como se tornar activo e participativo na sua comunidade através de actividades artísticas de forma a fazer face às suas próprias dificuldades, de crescimento, de inclusão, de se projectar no futuro, de bem estar consigo e com os outros.

Comentadores: Teresa Garcia (e equipa de Os Filhos de Lumière), Luis Rocha (Movimento de Expressão Fotográfica), Zezito e Catarina Aidos (Teatro Ibisco), Marco Balagueira e Rui Abreu (Sons à Margem), Ana Vasconcelos, Pedopsiquiatra

 Com a participação dos autores, realizadores, actores, equipas técnicas  dos filmes apresentados

2014-03-20

"Mês da Prevenção Maus-Tratos na Infância" - sessão de abertura - 02.04.2013


A CNPCJR convidou a associação cultural Os Filhos de Lumière para programar, no próximo dia 2 de Abril de 2014, a sessão de abertura do "Mês da Prevenção Maus-Tratos na Infância". sessão  que será dirigida especialmente aos jovens com a apresentação de várias curtas metragens criadas e realizadas por alunos de várias Escolas e Estruturas Educativas do país no âmbito das suas oficinas de sensibilização ao cinema.

De forma a dinamizar e a enriquecer esta sessão, a associação Os Filhos de Lumière, que vai participar através do seu novo projecto “O Mundo à Nossa Volta”, lançou um desafio a outras três entidades, que partilham com esta associação objectivos similares através do programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social) promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian: o Teatro Ibisco, o projecto Sons à Margem (música rap e hip-hop) e o MEF (Movimento de Expressão Fotográfica) para nela intervirem através dos seus projectos.

2014-03-14

O MUNDO À NOSSA VOLTA - Vila Nova de São Bento - Filmagens (1)



Jovens de Vila Nova de São Bento e Serpa filmando o seu "plano Lumière, primeiro exercício deste ano do programa Cinema, cem anos de juventude 2014 sobre o tema "o plano sequência".

Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.
Em Vila Nova de São Bento esta oficina é realizada em parceria com a Câmara Municipal de Serpa.

2014-03-12

Universidade de Lille, França - Seminário Images/Sons & Sciences Sociales – Educação ao Cinema em bairros populares: a experiência de Os Filhos de Lumière - 25.03.2014

A 12ª sessão do Seminário Images/Sons & Sciences Sociales terá lugar no anfiteatro do Espace Culture da Universidade de Lille 1, França, na quarta-feira 26 de Março de 2014 às 09h30 com o tema: "Educação ao Cinema em bairros populares: a experiência de Os Filhos de Lumière nos arredores a sul de Lisboa (Portugal)" – com a presença dos cineastas Teresa Garcia e Pierre-Marie Goulet.
Apresentação do projecto de educação ao cinema destinado a crianças e adolescentes que a associação Os Filhos de Lumière desenvolve na comunidade rural de Serpa (Alentejo) e nos bairros populares da Moita na periferia sul de Lisboa. Filmes de crianças e adolescentes apoiados por cineastas, Teresa Garcia e Pierre-Marie Goulet vêm testemunhar a sua experiência de artistas empenhados na transmissão do gesto cinematográfico na companhia de Jacques Lemière do Institut de sociologie e d’anthropologie de l’Université de Lille, França.
"Qual o contexto social, cultural? Que relação habitual tem com as imagens e os sons? Que pedagogia é aplicada? Qual a relação no processo entre os artistas e os professores (nas escolas) destas crianças e destes jovens? Quais os efeitos desta educação ao cinema? E o que dizem e mostram estes filmes?"
Em 2014, os dois dispositivos pedagógicos Cinema, cem anos de juventude e O Primeiro Olhar em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação “O Mundo á Nossa Volta” apoiado pelo Programa PARTIS / Práticas Artísticas para a Inclusão Social, um programa promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-03-11

CINEMA, CEM ANOS DE JUVENTUDE 2012-2013 - Mettre en Scène - Cinemateca Portuguesa - 13.03.2014

Os filmes-ensaio resultantes do trabalho de iniciação ao cinema Cinema, cem anos de juventude, promovido em Portugal pela associação Os Filhos de Lumière, onde participaram seis turmas de escolas portuguesas (Passos Manuel, Marquesa de Alorna e Nuno Gonçalves em Lisboa, Vale da Amoreira na Moita, Abade Correia da Serra, E.S. de Serpa,  Biblioteca Municipal Abade Correia da Serra em Serpa). serão apresentados na quinta-feira 13 de Março de 2014, às 19h00, na Cinemateca

Todos estes filmes abordam a mesma questão, o que é a "mise en scène" no cinema? – uma questão que mais de 1.500 crianças e adolescentes se colocaram ao longo do ano, em Portugal, França, Espanha, Itália, Reino Unido (Inglaterra e Escócia), Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo) e República de Cuba, vendo, analisando e discutindo filmes  sobre este ponto de vista, fazendo exercícios filmados onde descobrem a matéria do cinema, realizando finalmente os filmes-ensaio que aqui serão apresentados.

A projecção será seguida de conversa com os participantes presentes que darão conta da sua experiência neste dispositivo.

Além dos filmes portugueses, será apresentada uma selecção de filmes dos participantes de outros países que fizeram um filme-ensaio com as mesmas regras do jogo (de França, Espanha, Brasil e Reino Unido).

O programa pedagógico “Cinema, cem anos de juventude”, que em 2014 envolve já 11 países, é um projecto experimental de educação ao cinema, que se realiza quer em grandes cidades, quer em aldeias e vilas de cada país participante, em diferentes meios sociais e culturais é coordenado a nível geral pelo serviço educativo da Cinemateca Francesa. Este dispositivo original reúne, à escala europeia, profissionais de cinema, professores, parceiros culturais, salas de cinema, associações e cinematecas. Criado em França em 1995 na celebração dos cem anos de cinema, este programa pedagógico tem vindo a ser implantado em Portugal pela Associação Os Filhos de Lumière desde o ano lectivo 2006/2007.

Realizado em parceria com a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema  e o Institut Français du Portugal, este programa recebeu o apoio financeiro do ICA/programa VER, das Câmaras da Moita e de Serpa, da Cinemateca Francesa, do Instituto Camões, para além de apoios locais em cada região.

Em 2014, as oficinas Cinema, cem anos de Juventude em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-02-24

O MUNDO À NOSSA VOLTA - Vale da Amoreira - Filmagens (1)



Crianças do 1º ano da Escola E.B.1 Vale da Amoreira, Moita, escolhem aonde vão fazer o seu "plano Lumière" de um minuto (regra do jogo), decidem depois como vão filmar e por último filmam com a maior atenção ao que está a ser registado, ao que acontece de inesperado durante aquele minuto... (Cinema, cem anos de juventude). 

Em 2014, as oficinas "Cinema cem anos de Juventude" em desenvolvimento nas regiões de Lisboa, Moita e Serpa, integram o mais recente projecto desta associação "O Mundo à Nossa Volta" apoiado pelo Programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.

2014-02-10

ESCOLA NO CINEMA (3): AS DONZELAS DE ROCHEFORT de Jacques Demy no Cineteatro de Serpa - 13.02.2014

Na quinta-feira 13 de Fevereiro de 2014, às 14h30, será apresentado no Cine-Teatro de Serpa o filme "As Donzelas de Rochefort" de Jacques Demy, no âmbito do projecto A Escola no Cinema, numa parceria entre a Escola Secundária de Serpa, a associação Os Filhos de Lumière, o Institut Français du Portugal e a Câmara Municipal de Serpa.


Este é o terceiro e último dos três filmes apresentados no âmbito do programa EMA - estímulo á melhoria das aprendizagens promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian. Os outros dois, "Bom Dia" de Yajuziro Ozu e "Aniki Bóbó" de Manoel de Oliveira, foram apresentados em parceria com a Cinemateca Portuguesa. "Bom Dia" foi visto na própria Cinemateca com a presença dos participantes de Serpa, numa memorável sessão com a sala repleta de crianças e jovens participantes das oficinas de cinema orientadas pela associação Os Filhos de Lumière.

O balanço final do programa EMA que integrou ainda as oficinas práticas de cinema "Olhar á Volta" com três turmas da Escola Secundária de Serpa e "Filmar" dirigida aos professores, será apresentado  através de um Seminário que irá decorrer no dia 3 de Abril no Cine-Teatro de Serpa. Serão apresentados todos os filmes realizados nesse contexto e irá ser feita uma reflexão sobre as inesgotáveis potencialidades pedagógicas do cinema na escola. Este Seminário vai integrar várias escolas da região, cineastas, professores, parceiros culturais e outros convidados, para uma reflexão conjunta.

2014-01-20

O MUNDO À NOSSA VOLTA no Espaço DNA Lisboa - 18.01.2014



Os Filhos de Lumière apresentam O MUNDO À NOSSA VOLTA from Maria Maltez on Vimeo.

A Associação Os Filhos de Lumière apresentou no espaço DNA Lisboa, no sábado 18 de Janeiro de 2014, um conjunto de sete filmes realizados no âmbito dos programas pedagógicos Cinema, cem anos de Juventude, O Primeiro Olhar e Filmar entre 2010 e 2013. Este evento contou com a presença dos realizadores e técnicos que conduziram estas actividades desenvolvidas em parceria com a Escola Secundária de Passos Manuel, a Escola E.B. Marquesa de Alorna, Junta de Freguesia de Santa Catarina, Universidade Sénior-Unisaber, Casa da Estrela – Centro de Promoção Juvenil, Cinemateca Francesa, Cinemateca Portuguesa. Esta iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa (programas BIP-ZIP e Mais Cultura) e do ICA (Programa VER). A sessão assinalou ainda o início do projecto “O Mundo á Nossa Volta”, apoiado pelo programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, que terá lugar nas zonas de Lisboa, Moita e Serpa.